Home

Imagine do que esse senhor é capaz?

Publicado por Reinaldo Araújo em 22/02/2019 às 16h40

Será que o poder vale tudo isso?

gov1

Em seu site de notícias particular, o "Empresário Alemão da Cerâmica, protocola na manhã desta sexta-feira (22 de fevereiro de 2019), nos gabinetes do governador e vice governador, ofício com os seguintes pedidos.

* Reforma e aparelhamento das escolas estaduais São Francisco de Assis e Eriberto Jasper.
* Instalação de uma UTI com no mínimo dez (10) leitos no HGT "Hospital Geral de Tailândia".

Veja o teor desse documento.

gov2
O senhor Alemão Camporez mais uma vez não cansa de "pagar o mico". nada contra se ele gostar disso, mas o que está em questão é outra coisa.
Todo o cidadão brasileiro tem o direito e o dever de fazer solicitações, reivindicações e pedidos às autoridades constituídas, mas será que não é abuso demais falsificar documento público.
Em primeiro lugar, para usar documento oficial com timbre do governo, deve ser funcionário concursado efetivo, autorizado ou coordenador de órgão, com indicação ou portaria, caso não seja é Usurpação de Função Pública, que está previsto no Código Penal, no artigo 328, porque ele não está legalmente investido em cargo ou função publica lotado na Vice Governadoria,
Coisa que eu duvido muito que o senhor vice-governador saiba ou deixaria acontecer, pela seriedade que nos remete.
Então em segundo lugar, temos que denunciar a usurpação da função pública e a falsidade ideológica, ao usar documento privativo do Gabinete do Vice-Governador que de forma conivente ou sem autorizada está errado.


Ações da Prefeitura de Tailândia com relação ao Tomógrafo e as UTI's já estão em andamento, bem como a reforma da Escola Eriberte Jasper


Outra questão é que Camporez mais uma vez está muito mal informado ou somente quer aparecer, pois a questão do Tomógrafo já passou pela licitação e agora se aguarda a compra dos equipamentos que já estão sendo feitas pelo atual prefeito, bem como, a entrega das 4 unidades, do projeto que somam 10 leitos de UTI do HGT, sendo que o Hospital tem ativamente apenas 6 leitos de UTI, tendo a Drª. Deise Farias Viana, intensivista responsável pelas UTI que está há 4 meses vem auxiliado no HGT.

gov3
Quanto a Reforma das Escolas do Estado, o falsificador, que usa documentos falsos para se auto propagandear as custas do trabalhos dos outros, também não sabe que o vereador Rosenildo já está a frente, junto com a gestão municipal, na reforma e manutenção da Escola Eriberte Jasper, no Palmares.
Há demais, além de que a postura de Camporez de fazer estelionato político não cola, porque a gestão do governador Helder Barbalho já é comprometida com o prefeito de Tailândia para aparelhar o HGT e deixá-lo a serviço do Povo de Tailândia.
Compromisso do Governo Hélder com o Povo de Tailândia

 

Comentários (0)

O meu medo é que temos uma Mariana em nosso quintal

Publicado por Reinaldo Araújo em 26/01/2019 às 09h53

Uma barragem de rejeitos da mineradora Vale se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte.

Quantas Marias e Anas ainda vão ter que acontecer?

HY1

As autoridades da cidade pediram para a população manter distância do leito do Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do São Francisco. Segundo a Vale, o incidente ocorreu no reservatório da Mina do Feijão, e os rejeitos atingiram a zona administrativa da empresa e a comunidade da Vila Ferteco. Os grupos de salvamentos especulam mais de 100 desaparecidos

O Brasil é incapaz de aprender com suas grandes tragédias

A barragem rompida no dia 5 de novembro de 2015, era conhecida por barragem do Fundão, em Mariana-MG, e era de propriedade da Samarco Mineração S/A e Vale.

A barragem de Fundão entrou em operação em dezembro de 2008. Cinco meses depois, em abril de 2009, o lançamento dos rejeitos teve que ser interrompido porque houve forte percolação no talude de jusante do barramento.

A percolação nada mais é do que a passagem de material líquido para e pelo interior do maciço do barramento.

No dia 5 de novembro de 2015, aproximadamente às 15h30, aconteceu o rompimento da barragem. O colapso da estrutura  ocasionou o extravasamento imediato de aproximadamente 40 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério de ferro e sílica, entre outros particulados, outros 16 milhões de metros cúbicos continuaram escoando lentamente, dizimando 19 vidas e desalojando várias famílias.

HY2

Segundo o site do MPF, dia 5 de novembro de 2015, quando a barragem rompeu, em sua “rota de destruição, à semelhança de uma avalanche de grandes proporções, com alta velocidade e energia",

“Todo o setor produtivo trata até hoje a tragédia de Mariana como acidente. E as mortes do caso como externalidades da atividade da mineração. As mortes fazem parte do negócio”, completou o promotor de Justiça Carlos Eduardo Ferreira Pinto.

HY3

Nosso quintal: Norks Hydro

Em 12/02/2018, o Blogue Ver o Fato, do jornalista Carlos Mendes, já denunciava mais uma vez, problemas nas barragens da Norks Hydro, em Barcarena-PA, “As barragens de rejeitos de bauxita da multinacional norueguesa Norks Hydro estão operando no limite e as chuvas intensas que têm caído na região de Barcarena agravaram o problema. Moradores informaram ao Ver-o-Fato que há ameaça de rompimento dessas barragens”.

O mesmo Blogue, descreve, “Para que se tenha noção do risco que correm as milhares de famílias que vivem no entorno da Hydro Alunorte, as bacias têm cerca de 30 metros de altura, enquanto as residências possuem apenas 3 metros. São residências de madeira sem nenhuma proteção de eventual avalanche de lama vermelha”, afirma Mendes.

Carlos Mendes lembra, que “Em 2009, as bacias da Alunorte vazaram, provocando graves consequências ambientais e sanitárias, como se não bastasse a fuligem expelida pelas fábricas das multinacionais a contaminar o ar que todos respiram. O ‘acidente’ ocorreu em abril de 2009. 

Na época, “Após chuvas intensas, houve vazamento da substância conhecida por lama vermelha, resíduo altamente tóxico proveniente do beneficiamento da bauxita, que estava armazenada em uma bacia de contenção de rejeitos industriais da Alunorte. A substância transbordou de um dos canais de contenção da mineradora e atingiu o rio Murucupi, contaminando matas, igarapés e as nascentes do rio”.

Isso tudo acontecendo aqui ao lado, em nosso quintal, será que vamos ter que aprender com as grandes tragédias de Minas para se tomar providências?  

 

Comentários (0)

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||