Home

Tailândia elege Hélder (45,2%) e leva Haddad (37,2%) ao 2 Turno

Publicado por Reinaldo Araújo em 04/10/2018 às 14h28

Segundo pesquisa do Instituto Doxa, se dependesse do prefeito Macarrão e do município de Tailândia, Hélder seria eleito em 1º Turno e ainda leva Fernando Haddad ao 2º Turno das eleições presidenciais

H

Pesquisa divulgada pelo Instituto Doxa, no município de Tailândia, considera que Hélder Barbalho lidera na pesquisa estimulada com 45,2% dos votos, contra 18,6% de Márcio Miranda, Paulo Rocha aparece com 7,4%, Fernando Carneiro, tem 0,5%, e Cleber Rabelo, com 0,2%.

 

H2

 

H3

Pelo município de Tailândia Hélder estaria eleito em 1º Turno. O que podemos avaliar foi o desempenho do prefeito Macarrão no apoio dado ao candidato do MDB, em menos de 15 dias de campanha.

H4

A grande surpresa é que no cenário nacional, a pesquisa Doxa mostra a vantagem de Fernando Haddad, com 37,2%, na estimulada, contra 28,8% do candidato Bolsonaro. É um cenário muito parecido com as eleições de 2014, onde Dilma Rousseff venceu em Tailândia no 1º e no 2º turno. Isso mostra a força do trabalho desenvolvido nos projetos socais no município de Tailândia, que não podem deixar de ser considerados pelo prefeito Macarrão.

H5

 

H5 

A pesquisa foi registrada no TRE-PA sob o protocolo PA-03585/2018 e foi realizada no período de 27 a 29 de setembro de 2018, com 400 eleitores entrevistados no município. O nível de confiança utilizado é de 95% e a margem de erro estimada de 4% para mais ou para menos.

 

Comentários (0)

Márcio trava, Rocha some, Hélder impecável, Carneiro foi melhor

Publicado por Reinaldo Araújo em 03/10/2018 às 08h07

Último debate na televisão entre os candidatos ao governo do Estado, mediado pela jornalista Claudia Bomtempo, foi realizado nos Estúdios da TV Liberal.

Participaram os candidatos Fernando Carneiro (PSOL), Helder Barbalho (MDB), Márcio Miranda (DEM) e Paulo Rocha (PT).

DEBATE1

 

Foto: Jorge Sauma/G1 PA

Em resumo, apenas o candidato Márcio Miranda apresentava um leve nervosismo, porém, o debate transcorreu sem ataques pessoais e os debatedores responderam e fizeram perguntas sobre meio ambiente, saúde, corrupção, educação e desenvolvimento.

No decorrer do debate, Márcio Miranda travou o disco na operação Lava Jato, Paulo Rocha fingiu que não estava lá, Hélder Barbalho foi impecável, mas quem ganhou o debate mesmo foi Fernando Carneiro, com perguntas contundentes e respostas inteligentes.

Carneiro foi muito feliz em denunciar o “esquema” das Organizações Sociais que administram os hospitais do Estado, em troco de péssimos serviços à população, como é o caso do HG de Tailândia

Márcio Miranda apelou muito no desgaste ao candidato do MDB, tentando vinculá-lo aos escândalos de corrupção, afirmando que Hélder estava “presente” em todos eles, mas acabou sendo advertido pelo próprio Hélder: “o senhor não tem autoridade, muito menos moral para falar ao meu respeito".

É bom avaliar que Márcio Miranda parece ter jogado todas as cartas nesse debate e terá um grande problema para criar um roteiro contra Hélder no 2º Turno, já que tudo o que poderia se falar sobre os Barbalhos já foi dito.

DEBATE

Entre os perdedores desse debate, o maior deles com certeza foi Simão Jatene, o candidato oculto, mérito exclusivamente seu depois de ter abandonado completamente o Estado, feito de seu governo um cabide de emprego e de ofertas de riquezas aos seus aliados.

 

VEJA OS BLOCOS  DO DEBATE NO G1 PA

https://g1.globo.com/pa/para/eleicoes/2018/noticia/2018/10/03/candidatos-ao-governo-do-para-participam-de-debate-na-tv-liberal.ghtml

 

Comentários (0)

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||