A Guerra das Pesquisas: indefinição sobre resultado no Pará

Publicado por Reinaldo Araújo em 27/10/2018 às 15h10

Resultados diferentes das pesquisas colocam eleitores sem rumo, sem saber ao certo qual a pesquisa reflete a realidade no processo eleitoral no Estado

F1

Após os advogados de Hélder Barbalho tentarem impedir a divulgação da pesquisa do Instituto Doxa, onde travaram uma batalha de ações contra os advogados do candidato Márcio Miranda, a  juíza Lucianna Daibes, liberou a pesquisa no decorrer da noite de ontem (26).

Na pesquisa do Instituto Doxa, Márcio Miranda desponta com 51,9% e Barbalho, 48,1%. A pesquisa foi encomendada pelo jornal "A Província do Pará" e pela Gravasom, do empresário Carlos Santos, sendo registrada no TRE do Pará  sob nº 03131/2018, foi realizada no período de 24 a 26 de outubro, com 1.896 eleitores entrevistados nas seis mesorregiões do Estado, a margem de erro estimada de 2,25% para mais ou para menos.

F2

Por outro lado, em levantamento realizado pela Real Time Big Data, onde foram ouvidos 1.500 pessoas no dia 25, com 3 pontos percentuais de margem de erros para mais ou para menos, registrada no Tribunal Eleitoral com os números 05541/2018, coloca Hélder Barbalho com 59% dos votos válidos e Márcio Miranda com 41%.

F2

Para completar, deverá ser divulgada nas próximas horas o levantamento do Instituto Brasileiro de Opinião e Pesquisa (Ibope), que deverá ser a “diferença” em meio a tantas pesquisas que não chegam a apontar nenhuma definição. Quem esperava um empate técnico, não aconteceu.

O que se pode entender é que a cultura do brasileiro por pesquisas e as metodologias aplicadas por essas, sem nenhum padrão, devem ser revistas. No caso de Hélder as pesquisas só fizeram atrapalhar até agora, Enquanto isso o eleitor paraense fica sem uma definição.

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||