A nova política velha não tem nada de novo

Publicado por Reinaldo Araújo em 24/03/2019 às 10h52

A velha prática de fazer a mágica com a mão direita, escondendo o truque na outra

B4

 

Foto: Google

A todo o momento o presidente Bolsonaro fala a imprensa que está sendo pressionado pela “velha política”,

a abrir o diálogo do tradicional “toma lá, dá cá” e diz que não fará como os presidentes passados.

Mas, o que se percebe em Brasília é a escancarada abertura de balcões de negócio nos ministérios

da Capital Federal, além do decreto 9.727, publicado no DOU que estabelece regras para contratação de funcionários de alto escalão em cargos federais.

Trata-se de medida importante e que dará ao governo argumentos para contratar (ou não)

indicados políticos para cargos nos Estados, muito cobiçados por deputados e senadores aliados ao Planalto.

Esse decreto na verdade institucionaliza o “toma lá, dá cá” de cargos

comissionados ao desejo dos partidos políticos e dos caciques partidários.

A nova política velha não tem nada de novo,

continua sendo as velhas manipulações e jogo de retórica para enganar os cidadãos e garantir a tão cobiçada governabilidade.

Esse arranca rapo entre Bolsonaro e Maia não passa de jogo de cena

para iludir o povo com um cenário da “importância da reforma, senão o Brasil quebra”, tudo mentira para poder diminuir a resistência da população nas mudanças previdenciárias.

Logo, logo, Maia, Bolsonaro, Paulo Guedes Moro e os irmãos Bolsonaro estarão do mesmo lado.

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||