ELEIÇÃO DA CMT: Queimado responde sobre a eleição da CMT

Publicado por Reinaldo Araujo em 26/12/2016 às 11h59

Queimado diz que se for empossado prefeito interino, “não ter culpa disso...”CMT 2

(*) A respeito da matéria publicada nesse blog, com o Título “Tailândia: Bloco Pró-Queimado fecha questão”, publicado no dia 24/12/2016, o referido vereador procurou esse blog solicitando espaço para que fossem esclarecidas algumas de afirmações no texto publicado por mim, e usando dos atributos da Liberdade de Expressão e da Ética, defendidas por nossa pratica jornalística, concedi o Espaço Aberto para o Vereador Queimado nessa entrevista EXCLUSIVA, que segue, sem edições, apenas correções no português:

ESPAÇO ABERTO: Vereador Queimado, no último sábado, véspera de Natal, o senhor realizou uma reunião em sua residência com os vereadores Dário (PSB), Jaqueline Neto (PSDC), Lauro (PTC), Rosenildo (PSL), Sodré (PSC) e Créu (PDT) para discutir a composição da chapa que disputará a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Tailândia (CMT) no dia 1º de janeiro, o senhor poderia dizer para nós que tipo de “moeda de troca” foi colocado como negociação para o apoio a sua candidatura a presidência da CMT?

QUEIMADO: Reinaldo, nenhuma. Eu sempre tive uma posição firme no meu mandato de vereador e na minha gestão como presidente da Câmara. Sou contra qualquer tipo de corrupção no serviço público. Inclusive em nossa gestão na CMT atuamos nossa ação resgatando a independência política entre os poderes, cobrando firmemente da prefeitura transparência e ações voltadas para os interesses do município.  Nessa reunião discutimos afinidades e vocações. Cada um deve ser bom naquilo que sabe fazer. E o acordo político deve ser transparente e direcionado aos interesses de Tailândia e não de pessoas ou grupos.

ESPAÇO ABERTO: Mas, vereador em cima do que será dado o apoio a sua candidatura?

QUEIMADO: Reinaldo, você acompanhou a minha gestão a frente da CMT e sabe que na minha gestão, fiz um trabalho, ao lado do Tribunal de Contas dos Municípios, para padronizar as prestações contas da Câmara do ponto de vista legal, no que diz a Lei de Reponsabilidade Fiscal, recebi até prêmios, como a Medalha Tiradentes. Na minha gestão houve transparência administrativa, ninguém pode questionar isso. E como todos sabem, houve uma renovação de 70% dos vereadores, e somente sobrou Dário o Créu e eu. O meu apoio inicial era para o Dário, mas ele não quis. Bom, o Regimento Interno me permite ser presidente dessa nova legislatura e eu acredito ter experiência e acho, sem querer ser melhor que ninguém, que eu possa passar essa experiência pra frente. Bom, se a maioria dos vereadores quiserem votar em mim, meu nome está disponível, dentro de uma plataforma de modernizar a CMT, valorizar o servidor legislativo e abrir as portas da Câmara para o povo.

ESPAÇO ABERTO: Então a chapa que vai disputar a presidência da Câmara está fechada. Quem são os membros efetivamente?

QUEIMADO: Ainda estamos discutindo o perfil dos membros da Mesa Diretora, mas no momento certo vamos divulgar.

ESPEÇO ABERTO: Esse mistério sobre a composição da chapa não seria porque alguns dos nomes sejam bastante antipáticos para os servidores da Prefeitura Municipal de Tailândia (PMT), como é o caso da vereadora eleita Jaqueline Neto, que tem uma resistência muito grande com relação aos servidores da secretaria de saúde?

QUEIMADO: Reinaldo, você pega pesado (risos). Essa discussão deve ser feita em um campo maior. Prefiro não comentar. Até porque ela teve o eleitorado dela e foi eleita.

ESPAÇO ABERTO: Por ser um ano diferenciado, em que pela primeira vez, nos 28 anos de emancipação de Tailândia, o município não tem prefeito. Quer dizer tem o prefeito eleito Macarrão, com voto popular, 15.116 votos, que está sendo analisado em Brasília e, se não houver nenhuma decisão liminar da Justiça Eleitoral em dar posse a Macarrão, o senhor pode ser empossado interinamente prefeito de Tailândia, o que o senhor acha disso?

QUEIMADO: Não tenho culpa disso. Estou candidato à presidência da CMT. Se eu quisesse ter sido prefeito, não tinha me candidato a vereador, teria sido candidato a prefeito. Reinaldo, o que o agente público não pode é se acovardar. Eu não sou covarde. Se a prefeitura e a vice prefeitura estão vagas, e a lei maior do município, que a Lei Orgânica de Tailândia, diz que o presidente da Câmara deve assumir interinamente, se for o caso, eu vou assumir o tempo que seja necessário para ser resolvido a questão pela Justiça Eleitoral.

ESPAÇO ABERTO: E as “forças ocultas”, os ditos empresários que se apossaram da prefeitura nas gestões do Gilbertinho e Ney da Saúde, muitos dizem que estariam por traz de um golpe contra o povo. O que senhor sabe disso?

QUEIMADO: Só sei que no dia 1º de janeiro haverá a posse dos vereadores e a eleição da Mesa Diretora da Câmara, se por acaso eu foi empossado prefeito interino vamos ter que abrir o debate da governabilidade para todos os setores, partidos, movimentos sociais, a imprensa, sindicatos e para os empresários. Quem pensa em governar sozinho é um doido. Eu não sou doido. Mas, vamos ver como vai ficar isso, derrepente o Macarrão assume dia primeiro, e aí?

ESPAÇO ABERTO: Só pra acabar vereador, o senhor lembrou bem, e se o Macarrão assumir, agora ou depois, como vai ser o seu relacionamento com ele, caso a sua chapa vença a eleição da Mesa Diretora?

QUEIMADO: Não é segredo pra ninguém que tenho várias divergências com Macarrão, mas não acho legal o que a Justiça Eleitoral fez com ele. Deixaram ele concorrer, ele gastou dinheiro, foi inquestionavelmente o vencedor das eleições e agora essa confusão toda. Pra mim tinha que dar a prefeitura para ele e acabar com esse estica pra lá, encolhe pra cá. Quero dizer, que se Macarrão for prefeito de Tailândia e quiser trabalhar em parceria, ele terá um parceiro.

ESPEÇO ABERTO: Muito obrigado vereador e boa sorte!  

QUEIMADO: De nada.

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||