Haddad construiu pontes para a Universidade

Publicado por Reinaldo Araújo em 17/09/2018 às 09h18

Em sua gestão como ministro da Educação, criou universidades, construiu campus universitários e escolas tecnológicas em todo o Brasil.

H1

Diante da decisão da justiça eleitoral que impugnou a candidatura de Lula, o ex-presidente decidiu, no último dia 11 de setembro 2018, lançar Fernando Haddad, ex-ministro da Educação como seu substituto.

As críticas, assim como na época em que Dilma Rousseff foi lançada por Lula, estão ligadas ao fato de que Haddad não seria conhecido por boa parte dos brasileiros e que o petista não teria força eleitoral, já que perdeu sua tentativa de reeleição à prefeitura de São Paulo para João Doria (PSDB), em 2016, no primeiro turno, no auge do anti-petismo.

Para além de outras políticas e iniciativas enquanto prefeito de São Paulo, Haddad deixou seu maior legado como ministro da Educação.

H5

Fotos: Google

Segundo matéria publicada na Revista Fórum, em 16/09/2018, Haddad, ao chefiar a pasta da Educação Federal de 2005 a 2012, nos governos Lula e Dilma, “sua gestão foi marcada pela inclusão de milhares de pessoas no Ensino Superior”.

Alguns dados oficiais ilustram o motivo pelo qual Haddad usa do tema Educação como uma de suas principais plataformas de campanha.

H4

Imagens: Revista Fórum

“Durante seus sete anos de gestão como ministro da Educação, Haddad multiplicou o orçamento da pasta, era de R$ 25,2 bilhões e passou a ser de R$ 90,56 bilhões”, afirma a revista.

O investimento refletiu no crescimento do orçamento público em Educação com relação ao PIB. Foi de 4,5% em 2005 para 6,4% em 2012.

H3

Imagens: Revista Fórum

Para a Revista Fórum, “a gestão Haddad foi também a que mais criou universidades: foram construídas 18 novas universidades federais, 173 campus universitários e 360 institutos federais”.

Atrelada às novas instituições, o MEC, com Fernando Haddad à frente, implantou programas sociais e mecanismos que permitiram o acesso de milhares de jovens de baixa rende ao Ensino Superior.

Segundo a reportagem, “Haddad foi o responsável por implantar o Programa Universidade para Todos (ProUni), que garante bolsas integrais ou parciais para alunos da rede pública em universidades privadas. O programa já beneficiou, desde sua criação até 2016, cerca de 1,9 milhão de estudantes, sendo que 70% das bolsas são integrais”, contabiliza.

Outro programa encampado por Haddad enquanto ministro foi o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A iniciativa já existia, mas foi expandida no governo Lula a partir do fim da exigência de fiador por parte do estudante. Assim, o governo federal assumiu o papel de financiador e garantiu quase 150 mil contratos firmados com instituições privadas de ensino.

Boa parte da ampliação do acesso à universidade foi possibilitada pelo aprimoramento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a criação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ambos os programas encampados por Haddad permitiram a unificação do vestibular, simplificando o acesso universitário. O ProUni e o Fies, por exemplo, têm como pré-requisitos a realização do Enem por parte dos estudantes.

H2

Além das ações voltadas para o Ensino Superior, Fernando Haddad também priorizou a qualificação e formação dos professores e as estruturas do ensino básico com a construção de creches, melhoria da merenda escolar e no transporte urbano e rural, com o projeto “Caminhos da Escola” nos municípios, foi na gestão de Haddad que se criou o Piso Nacional do Magistério.

Nesse sentido, a gestão de Fernando Haddad à frente do MEC materializou reivindicações históricas da sociedade, do movimento estudantil, dos educadores e servidores das Instituições de Ensino Superior (IES), democratizando o acesso à universidade pública, bem como essa abertura priorizou a produção de Ciência e Tecnologia, fatores fundamentais para o desenvolvimento de uma nação soberana, igualitária. democrática e sustentável.  

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||