Hélder cai em desgraça, PSD racha e Pioneiro dá a volta

Publicado por Reinaldo Araújo em 19/07/2018 às 09h07

Em apenas cinco dias muitas novidades cercam o Forte do Castelo

MOVI1

Três movimentos nessa semana marcaram os bastidores da política paraense.

 1º Movimento

A questão da compensação da Estrada de Ferro Carajás, que agora passou a fazer parte da pauta política paraense, ganha mais musculatura quando  o governo de Michel Temer, na maior cara dura, rouba os paraenses, fazendo uma oferta de 1 bi de reais para um suspeito “fundo” para a construção da Ferrovia  Paraense, enquanto que os 4 bilhões que seriam nossos, voam para Goiás e Mato Grosso, para gerar desenvolvimento e emprego lá, mas seus aliados, aqui no Pará, Barbalho e Jatene, parece que nem é com a gente e vão a Brasília, recebem as migalhas e voltam felizes, acreditando que fizeram um bom negócio. Isso não tem cabimento.

Nesse episódio Hélder Barbalho se desgastou muito publicamente, o que deverá influenciar futuras pesquisas de intenção de votos.

Bom, a questão central da campanha dos Barbalhos é que eles erram demais e isso vai custar caro.

 2º Movimento

MOVI2

As lideranças do Partido Social Democrático (PSD) do Pará não estão dispostos a ceder à pressão que o presidente Temer faz na cúpula nacional da sigla para fechar uma aliança com o MDB de Hélder e Jader, e racham o partido.

Esse movimento foi, de certo, o mais politizado da semana, mostrou firmeza das lideranças peesedetistas e de certa forma também politizou o debate sobre a política de alianças no estado. 

Assim, na segunda-feira (16), as principais lideranças do partido, o deputado federal Joaquim Passarinho, os deputados estaduais Coronel Neil, Júnior Ferrari e Gesmar Souza, assim como importantes prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, juntos representaram a maioria do partido, demonstrando repúdio à imposição do PSD nacional, diante da possibilidade do partido vir a apoiar a candidatura de Helder Barbalho, levando dessa forma o PSD paraense a reforçar a pré-candidatura de Márcio Miranda (DEM) e de resistir a qualquer interferência externa.

Com isso, além de dar uma “canelada” no MDB, ainda tira de rota o deputado federal Éder Mauro e o ex-vice-govenador Helenilson Pontes. 

 3º Movimento

MOVI3

Na última terça feira, 17/07, em Ananindeua, o prefeito Manoel Pioneiro acertou o toque de tabela e fez um gol de letra ao convidar Márcio Miranda para uma reunião com várias lideranças comunitárias e do setor da saúde do município, bem como vereadores e pré-candidatos.

No início do ano, após a declaração de apoio de Jatene a candidatura do democrata Márcio Miranda ao governo do Estado, gerou um azia coletiva nas ditas lideranças do PSDB do Pará, e mesmo depois de tudo resolvido, Pioneiro resistia, mas tudo indica que as coisas se aquietaram.

Esse movimento por parte de Pioneiro ao mesmo tempo encerra as discórdias e com elegância fecha o segundo maior colégio eleitoral do Pará ao lado da candidatura de Márcio Miranda. Um boa mexida no tabuleiro.

Para não dizer que não falei das flores...

Para completar a semana e não dizer que não teve notícia boa na casa dos Barbalhos, nessa quarta-feira, dia 18/07, o PSC de Zequinha Marinho desembarcou de vez nos braços do MDB e o vice-governador confirma a sua candidatura ao senado federal.

Sobre isso, quero concordar com meu amigo e parceiro Gil Verela do programa Ponto Final, da Rádio Aliança FM (87,9), rádio comunitária de Tailândia, que costuma dizer que “Marinho deveria ser candidato a deputado estadual e não senador, tentar reeleger a sua mulher e ter um saldo positivo de ter um cargo político”...Bom, quem avisa amigo quer ser, né?

 Um recato ao navegantes...

Eu acho que a equipe de marketing e os marqueteiros de Hélder deveriam baixar a bola e prestar atenção no que estão fazendo, a campanha nem começou ainda e parece que a empolgação do “já ganhou” de 2014 continua no ar.

As redes sociais é a rede da verdade...

Tá na hora do respeito aos blogueiros, pessoal dos canais do Youtube, das mídias.

Vamos respeitar a galera...

As novas tecnologias da informação e a democratização do acesso às informações são conquistas valiosas para quem faz seu trabalho com profissionalismo, ética e responsabilidade, com amor e devoção, por isso somente um mercenário ou um maluco vai usar de seu nome para publicar fake news nas redes sociais, por isso queria dizer aos políticos de hoje que aprendam a conviver com a crítica de boa qualidade e não cuspam em cima de vocês mesmos.

Pelo menos eu estou aqui para ajudar, e acredito que o Diógenes, Carlos Mendes, Bacana, Carlos Santos, entre outros, também, então vamos colaborar, né?

 

 

 

Comentários

Paulo gasolina em 19/07/2018 15:56:49
Além de acertar na mosca, serve de exemplo para os ignorantes políticos.
Escutar é fundamental, antes de qualquer decisão.
Marketeiros.... fiquem atentos.

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||