Macarrão, 30 dias: Construir, reconstruir e implantar...

Publicado por Reinaldo Araujo em 17/02/2017 às 15h21

“Vamos revolucionar...” (Macarrão)

maca1

Reconstruir Tailândia...

A noção de reconstrução refere-se à ação e ao efeito de reconstruir. Este verbo, por sua vez, menciona o ato de voltar a construir, a edificar ou a fabricar.

O termo pode utilizar-se num sentido físico para se referir às tarefas concretas de restauração ou de renovação. Isto significa que, se houver um edifício deteriorado, a reconstrução consistirá em reforçar as suas fundações, voltar a pintar, voltar a funcionar.

Tà bom! Durante a campanha eleitoral em 2016, o então candidato Macarrão, nos comícios costumava repetir, que se fosse eleito iria “construir o que nunca foi construído, reconstruir tudo o que foi destruído e implantar o que não foi implantado”. Pois bem, parece que o prefeito Macarrão vai ter muito trabalho.

 maca2

Um pouco da História

Paulo Liberte Jasper foi prefeito de Tailândia em dois mandatos, de 2000-2004 e 2005-2008, nesse período inaugurou uma gestão que tinha como bandeira “reduzir a pobreza no município”.

Macarrão priorizou a construção de escolas, garantiu a saúde da população no único hospital e no posto de saúde da cidade. Atuou, juntamente com Hígia Frota na assistência social, criou o programa do leite e do sopão, complemento alimentar à população carente, reformou vicinais e deu apoio irrestrito aos pequenos e médios produtores.

Tailândia nessa época, pelos dados do IBGE de 2000, tinha um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), uma medida importante concebida pela ONU (Organização das Nações Unidas) para avaliar a qualidade de vida e o desenvolvimento econômico de uma população, de 0,433, em 2010 já tinha pulado para 0,588, ou seja, durante as primeiras administrações de Macarrão o povo vivia melhor, num município, que segundo o Mapa da Pobreza do IBGE, em 2003, tinha uma incidência de pobreza em torno de 46,51% da população, quase a metade.

Esse foi o governo Macarrão em 8 anos.

 

PIB: para onde vai a riqueza do povo?

Tailândia, em 2014, registrou um valor do Produto Interno Bruto (PIB) de 7.932,27 reais/per capita, que é a medida do valor dos bens e serviços que o município produz no período, na agropecuária, indústria e serviços, por pessoa. Tailândia foi o 26º município em PIB no Estado do Pará, perdendo apenas para Bragança, Juruti, Xinguara, Cametá e Ourilândia do Pará.

 

Posição

Município

PIB (R$ 1.000)

PIB Per Capita (R$)

21

Bragança

914.882

7.616,15

22

Juruti

906.056

17.174,79

23

Xinguara

847.298

19.952,85

24

Cametá

841.984

6.518,87

25

Ourilândia do Norte

820.015

27.178,91

26

Tailândia

744.888

7.932,27

IBGE-2014

Então, não se pode dizer que o município de Tailândia não teve saltos positivos em sua economia nos últimos dois anos. Mas, na verdade o que se tem que saber é para que bolso foi essa riqueza?

 

O agora: 30 dias de trabalho pelo povo...

Pois bem, Macarrão foi o candidato a prefeito mais votado em Tailândia, com 15.116 votos, foi impedido de tomar posse pela impugnação de registo de sua  candidatura, disputou a eleição sob recurso, e finalmente foi diplomado e empossado em 18 de janeiro por Liminar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Dessa forma, o prefeito Macarrão recebeu a Prefeitura Municipal de Tailândia (PMT) com dívidas do INSS e do Pasep, uma folha de pagamento que beirava 64% com despesas somente com pessoal, escolas sem reforma e sem merenda escolar, veículos, ônibus escolares, ambulâncias sucateadas, uma cidade suja, ruas esburacadas, creches sem vagas para as crianças, total desrespeito com o povo.

Macarrão, em menos de 30 dias, reformou escolas e já mandou construir uma nova no bairro da Piçarreira, comprou merenda escolar de qualidade para o início das aulas, colocou para funcionar o Postinho do Bairro Novo e mandou reformar o AME, botou asfalto nos buracos, está preparando a Fábrica de Confecções para empregar pelos menos 250 mulheres, está reformando os silos e o laticínio para ajudar os pequenos produtores, decretou a gratuidade no transportes da Zona Rural e está fazendo funcionar a usina de asfalto..

 

Quem esperou por dias melhores, não perdeu tempo.

Pelos dados do Cadastro de Admissão e Desemprego do MTE-SINE-Tailândia, em 2016, houve um registro de fechamento de 3.220 postos de empregos no município, uma situação que deve ser analisada

Agora, Macarrão tem um grande desafio pela frente: fazer o município desenvolver. É preciso dar apoio aos pequenos e médios produtores, construir parcerias com os grandes empresários para alavancar a economia, cobrando desses responsabilidade social na geração de emprego.

A PMT precisa investir em outros serviços, tais como obras, junto a convênios com o governo do Estado e Federal, para criar e ampliar postos de trabalho.

È esse o maior desafio de Macarrão, que tem que ter uma visão estratégica para o crescimento de Tailândia. 

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||