PEDIR AO CÉU: QUE O MAL NUNCA MAIS VOLTE À TAILÂNDIA...

Publicado por Reinaldo Araujo em 24/06/2016 às 17h17

Eleições 2016: Jamais ressuscitar o pesadelo

IMA1

Em Nota da Prefeitura Municipal de Tailândia intitulada “RESUMO DAS AÇÕES EM 3 ANOS DE GOVERNO NEY DA SAÚDE”, o alcaide do município começa o texto relatando que durante o período de sua administração afirma ter “...alcançado dezenas de conquistas, muitas delas , infelizmente não chegam ao conhecimento popular.”.

Muito interessante para o eleitor que sofreu estelionato eleitoral pelas dezenas de mentiras que o senhor Ney da Saúde e o seu padrinho político, o então prefeito cassado Gilbertinho, prometeram para o povo durante o processo eleitoral em 2012.

Mas, vamos continuar a leitura da Nota: No tópico “PRINCIPAIS MAZELAS ENCONTRADAS”: 1. Recebemos o município com uma dívida, incluindo multa de gestões passadas, em torno de 90 milhões de reais; tivemos que resolver problema para começar a avançar”

Ora, para quem conhece a história sabe que o senhor Gilbertinho foi cassado antes das eleições de 2012, onde foi dada posse ao segundo mais voltado em 2008, Valdinei Palhares e seria impossível em 4 meses de mandando adquirir tal dívida.

Ou seja esses “90 milhões de dívidas” foi herança de seu padrinho político, que administrou o município por mais de 3 anos, tendo ao lado de seu fiel Secretário de Finanças, o “imperador” (como era tratado) Roberto  Gambi, por ser a segunda pessoa que mandava na prefeitura naquela época.

Voltando a leitura da Nota do Ney da Saúde: “...2. Recursos federais bloqueados da Merenda Escolar e Transporte Escolar; 3. Obras paralisadas por desvios de recursos de gestões anteriores; 4. Prestações de contas irregulares; 5. Bloqueios de recursos de 3 creches que seriam construídas”.

Veja: é nítido o legado deixando pelas “gestões anteriores”, diga-se: Gilbertinho/Roberto Gambi. Além disso, deixaram a Prefeitura com funcionários com salários reduzidos e atrasados, aumento da carga horária de 6 para 8 horas e demissões a perder de vista, sendo a pior administração municipal para os trabalhadores dos últimos 28 anos de emancipação política de Tailândia. Está aí o legado.

Não poderia esquecer as diversas irregularidades em contratos de empresas e empreiteiras que fizeram a “farra” com dinheiro público.

Sem dúvida devo concordar que os dois (Gilberto/Roberto) são os responsáveis por essa administração fracassada que agora em vésperas de eleição quer mostrar o serviço que deixou de fazer por três anos. Também quero dizer que os dois (Giberto/Roberto) são muito bons administradores de suas empresas, mas quando à coisa é pública é melhor ficar onde estão.

E eu quero desafiar a qualquer um a provar que tudo que está nesse blog é mentira.

Gilbertinho quer emplacar mais um apadrinhado

IMA2

O Sr. Dimas Sisnando, um empresário da saúde em ascensão em Tailândia, o mesmo que recebeu a Saúde do município de “bandeja” das mãos do então prefeito Gilbertinho, no qual lucrou milhões quando terceirizou o Hospital de Tailândia (que agora é AME), é o mais novo apadrinhado do senhor Gilberto. Como exatamente o Ney da Saúde surgiu: do nada, inclusive fazendo frenéticas reuniões “em algum lugar de Tailândia”, fazendo promessas e desrespeitando na cara de pau a legislação eleitoral.

Uma pergunta não podia calar: por que o doutor veio de Concórdia do Pará para Tailândia, já que no referido município também fazia política? Essas questões deveriam ser de ordem pública, para que os eleitores possam conhecer as caras dos candidatos que se ocultam em discursos vazios e sem propostas, onde somente o ataque pessoal é que vigora.

Macarrão não é o salvador da pátria, mas pode ajudar muito...

Para quem diz que votar no Macarrão é voltar para trás, concordo. É voltar para o tempo em que o povo tinha vez, onde haviam projetos sociais, que se não eram de concordância de todos, mas pelo menos eram premiados como o Leite; matava a fome, com o “sopão”; que ofertava emprego ,como Fábrica de Confecções, que os gestores seguintes destruíram, assim como a Casa do Artesão, que dava cursos para as nossas mulheres.

O Macarrão tem o seu defeito, quem não tem? Mas, a decisão sobre o novo gestor municipal só cabe o povo, por isso as baixarias, futrico e mexer com a vida das pessoas é apelação. Falar mal e denegrir as pessoas é um atitude nojenta.

Só quem faz isso é porque não tem proposta para Tailândia. O povo não gosta de posturas arrogantes e prepotentes.

O povo gosta de ser ouvido e bem tratado e se esse é o defeito do Macarrão, então fique como está homem da tatuagem, porque o povo te espera! 

 

 

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwB tsN b01s bsd|left tsN fwB|left show fwB tsN|bnull|||news login uppercase c05 b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase b01 bsd|login news fwR uppercase b01 c05 bsd|tsN fwR uppercase b01 c05 bsd|fwR c05 uppercase|content-inner||